Ver a Luz | por Karen Berg

A meditação pode ser uma ferramenta utilizada pelos antigos sábios, mas sua prática nunca foi tão frequente quanto no mundo moderno. E mais ainda no último século, quando as pessoas têm procurado maneiras de se conectar com seu espírito. A jornada espiritual de cada um se tornou quase a tendência do momento. Como um todo coletivo, nós estamos em uma cruzada para descobrir nossos mais verdadeiros eus internos e encontrar maneiras para manter as distrações externas de lado. Dentro de cada um de nós estão as maravilhas e a ligação com a Luz Divina. Não olhar para ela e não senti-la com todas as fibras de nosso ser é nunca experienciar a beleza de sua existência. Esta semana, recebemos um grande presente do universo. Nossa Luz interior brilha intensamente, nos permitindo ver – e por tabela, ver a nós mesmos através da Luz – seres completos como realmente somos. Somos chamados a descobrir o Universo dentro de nós, para que nossa voz possa ser ouvida acima de todo o barulho. Chegou o momento de nos afastarmos das distrações do mundo físico e nos voltar para dentro e para vermos mais do que nunca. Enquanto houver ar em nossos pulmões, a Luz sempre brilhará dentro de nós. Ela está aqui para nos guiar e nutrir. Essa clareza e visão de nossa Luz  podem ser o nosso presente nesta semana. O Universo lança sobre nós a habilidade de testemunhar nossa própria Santidade. A Luz do Criador está dentro de nós, esperando pacientemente que nós a enxerguemos.

A porção desta semana é muito especial em meu coração, e para muitos estudantes em todo o mundo. A porção desta semana é Re’eh, e foi a porção de nascimento do Rav. Re’eh quer dizer: “ver”. Na semana final de Leão, o sol nos dá a clareza que somente ele pode nos dar. A propósito, Re’eh é a única porção cujo título é o mesmo que um dos 72 nomes de Deus. Re’eh é o nome de Deus 69 e serve como um tipo de bússola espiritual, nos dando o poder de encontrarmos nosso caminho quando estamos perdidos, assim como esta porção. Sua leitura, juntamente com a energia que permeia o cosmo esta semana, ajuda a nos tornarmos mais conscientes das maravilhas e do poder da Luz que está dentro. De fato, esta porção tem 126 versos, que é o valor numérico da palavra “maravilhas”.

Em Re’eh, Moisés encoraja os israelitas a seguirem o caminho do Criador, bem como sua Luz Interior. Desta maneira, eles seriam capazes de experienciar uma vida abençoada. Moisés descreve as bênçãos que chegam quando andamos junto com o Criador e personificamos Seus atributos de gentileza, misericórdia e compartilhar com os outros. Moisés avisa-os para evitar agir com intolerância e egoísmo pois estas qualidades trarão dificuldades. Basicamente, Moisés ensina os israelitas a verem que o mundo é nosso espelho, e como tal, o que colocamos nele irá voltar para nós. Ele suplica para que vejam que, se querem paz e bênçãos em suas próprias vidas, eles apenas precisam dar o mesmo aos outros. Pois o que nós damos será sempre o que iremos receber. Moisés nos promete que se estivermos abertos a ver, ativar e aumentar a bondade dentro de nós, nosso presente e futuro serão cheios de alegria e bênçãos.

O poder de Re’eh nos empurra a ver a lei da Causa e Efeito e como ela age em nossas vidas. O sistema está sempre em operação, mesmo se o reconhecemos ou não. Dentro de nós está o poder do amor, que uma vez aceso, melhora nossas vidas e o mundo como um todo. Podemos nos perder com tanta frequência, prisioneiros de nossos próprios desejos, vícios e medos. Podemos perder o passo em nosso caminho espiritual e não ver os benefícios de sermos gentis uns com os outros. Talvez por muitos anos, grosserias, ganância e tratar os outros com injustiça pode ter funcionado. Mas chega o momento em que esta energia volta para nós e percebemos que uma mudança é necessária. Vemos que é para o nosso próprio bem tratar os outros com amor, dignidade humana e da maneira que queremos ser tratados. Sempre achei fascinante que não há uma porção no Zohar para esta semana. É como se estivessemos sendo encorajados pelo Criador a procurar e a encontrar as respostas internas. Pois dentro, encontraremos os mais importantes tesouros e respostas, se estivermos abertos a ver que eles estão ali.

Em suas meditações esta semana, faça uma viagem do mundo externo para o mundo interno. Encontre um lugar onde esteja sozinho e não seja perturbado. Sente-se, feche seus olhos e respire profundamente. Enquanto respira, ouça o som de sua respiração e as batidas de seu coração. Lá dentro está a Energia do Criador. Você vem da essência Dele. Perceba seu poder e sua grande capacidade para amar. Não há fim para suas capacidades e potencial. Não há limites para o amor que pode ser emanado de seu ser. Você consegue ver o poder que você possui para criar a vida de seus sonhos e qualquer futuro que deseje. Você vê a Luz que brilha internamente e o poder de ajudar os outros e finalmente a si mesmo neste processo. Pode ver, enfim, que o Amor está todo lá, tudo o que importa e tudo o que é necessário para criar uma vida de bênçãos.

→ clique aqui para ler outros artigos de Karen Berg

 

A meditação pode ser uma ferramenta utilizada pelos antigos sábios, mas sua prática nunca foi tão frequente quanto no mundo moderno. E mais ainda no último século, quando as pessoas têm procurado maneiras de se conectar com seu espírito. A jornada espiritual de cada um se tornou quase a tendência do momento. Como um todo coletivo, nós estamos em uma cruzada para descobrir nossos mais verdadeiros eus internos e encontrar maneiras para manter as distrações externas de lado. Dentro de cada um de nós estão as maravilhas e a ligação com a Luz Divina. Não olhar para ela e não senti-la com todas as fibras de nosso ser é nunca experienciar a beleza de sua existência. Esta semana, recebemos um grande presente do universo. Nossa Luz interior brilha intensamente, nos permitindo ver – e por tabela, ver a nós mesmos através da Luz – seres completos como realmente somos. Somos chamados a descobrir o Universo dentro de nós, para que nossa voz possa ser ouvida acima de todo o barulho. Chegou o momento de nos afastarmos das distrações do mundo físico e nos voltar para dentro e para vermos mais do que nunca. Enquanto houver ar em nossos pulmões, a Luz sempre brilhará dentro de nós. Ela está aqui para nos guiar e nutrir. Essa clareza e visão de nossa Luz  podem ser o nosso presente nesta semana. O Universo lança sobre nós a habilidade de testemunhar nossa própria Santidade. A Luz do Criador está dentro de nós, esperando pacientemente que nós a enxerguemos.

A porção desta semana é muito especial em meu coração, e para muitos estudantes em todo o mundo. A porção desta semana é Re’eh, e foi a porção de nascimento do Rav. Re’eh quer dizer: “ver”. Na semana final de Leão, o sol nos dá a clareza que somente ele pode nos dar. A propósito, Re’eh é a única porção cujo título é o mesmo que um dos 72 nomes de Deus. Re’eh é o nome de Deus 69 e serve como um tipo de bússola espiritual, nos dando o poder de encontrarmos nosso caminho quando estamos perdidos, assim como esta porção. Sua leitura, juntamente com a energia que permeia o cosmo esta semana, ajuda a nos tornarmos mais conscientes das maravilhas e do poder da Luz que está dentro. De fato, esta porção tem 126 versos, que é o valor numérico da palavra “maravilhas”.

Em Re’eh, Moisés encoraja os israelitas a seguirem o caminho do Criador, bem como sua Luz Interior. Desta maneira, eles seriam capazes de experienciar uma vida abençoada. Moisés descreve as bênçãos que chegam quando andamos junto com o Criador e personificamos Seus atributos de gentileza, misericórdia e compartilhar com os outros. Moisés avisa-os para evitar agir com intolerância e egoísmo pois estas qualidades trarão dificuldades. Basicamente, Moisés ensina os israelitas a verem que o mundo é nosso espelho, e como tal, o que colocamos nele irá voltar para nós. Ele suplica para que vejam que, se querem paz e bênçãos em suas próprias vidas, eles apenas precisam dar o mesmo aos outros. Pois o que nós damos será sempre o que iremos receber. Moisés nos promete que se estivermos abertos a ver, ativar e aumentar a bondade dentro de nós, nosso presente e futuro serão cheios de alegria e bênçãos.

O poder de Re’eh nos empurra a ver a lei da Causa e Efeito e como ela age em nossas vidas. O sistema está sempre em operação, mesmo se o reconhecemos ou não. Dentro de nós está o poder do amor, que uma vez aceso, melhora nossas vidas e o mundo como um todo. Podemos nos perder com tanta frequência, prisioneiros de nossos próprios desejos, vícios e medos. Podemos perder o passo em nosso caminho espiritual e não ver os benefícios de sermos gentis uns com os outros. Talvez por muitos anos, grosserias, ganância e tratar os outros com injustiça pode ter funcionado. Mas chega o momento em que esta energia volta para nós e percebemos que uma mudança é necessária. Vemos que é para o nosso próprio bem tratar os outros com amor, dignidade humana e da maneira que queremos ser tratados. Sempre achei fascinante que não há uma porção no Zohar para esta semana. É como se estivessemos sendo encorajados pelo Criador a procurar e a encontrar as respostas internas. Pois dentro, encontraremos os mais importantes tesouros e respostas, se estivermos abertos a ver que eles estão ali.

Em suas meditações esta semana, faça uma viagem do mundo externo para o mundo interno. Encontre um lugar onde esteja sozinho e não seja perturbado. Sente-se, feche seus olhos e respire profundamente. Enquanto respira, ouça o som de sua respiração e as batidas de seu coração. Lá dentro está a Energia do Criador. Você vem da essência Dele. Perceba seu poder e sua grande capacidade para amar. Não há fim para suas capacidades e potencial. Não há limites para o amor que pode ser emanado de seu ser. Você consegue ver o poder que você possui para criar a vida de seus sonhos e qualquer futuro que deseje. Você vê a Luz que brilha internamente e o poder de ajudar os outros e finalmente a si mesmo neste processo. Pode ver, enfim, que o Amor está todo lá, tudo o que importa e tudo o que é necessário para criar uma vida de bênçãos.

→ clique aqui para ler outros artigos de Karen Berg