O que é Kabbalah?

Depoimentos

“Sinto-me imensamente privilegiada e profundamente agradecida por fazer parte da geração alcançada pela luz através da Kab

Como começar?

Conheça os 3 passos para iniciar o estudo da Kabbalah:

Consciência Semanal

As ideias espirituais sobre a porção de Vayikra são verdadeiramente inspiradoras,  especialmente  as revelações contidas nas primeiras palavras: Vayikra El Moses, "O Criador chamou Moisés".

O Midrash usa uma parábola para explicar o relacionamento entre a porção anterior de Pekudei, na qual Moisés concluiu a construção do Tabernáculo da forma como o Criador ordenou que ele fizesse, e o início da porção Vayikra, na qual o Criador chama Moisés. A parábola também é usada para ajudar a compreender o que as primeiras palavras de Vayikra significam para nós hoje. Ele compara o Criador a um rei que ordena que seu servo construa um belo palácio para ele e escreva o nome do rei em tudo o que ele usa para construir – seja um tijolo que ele põe na parede, uma mesa ou uma cadeira.

O servo executa as ordens do rei e, quando o palácio está concluído, o rei diz: "Meu servo construiu este belo palácio para mim, mas agora estou sentado lá dentro enquanto ele está do lado de fora. Ligue para ele e peça que ele se junte a mim nos meus aposentos", ou seja, deixe que ele entre no palácio e fique muito perto de mim.

Moisés, ao dirigir a construção de todas as partes do Tabernáculo, disse: "Isto é do Criador. É assim que o Criador quer que seja". Ele infundiu a energia do Criador em tudo o que diz respeito ao Tabernáculo. Portanto, assim como na parábola, uma vez concluída a construção do Tabernáculo, o Criador disse: "Como posso estar dentro agora enquanto Moisés está fora? Chame Moisés para vir e ficar comigo nos aposentos mais internos", quer dizer que ele venha e se conecte completamente à Luz do Criador.

Está escrito no Talmud que o mensageiro de uma pessoa tem os mesmos poderes que ela. Por exemplo, digamos que um bilionário transforma uma pessoa pobre em seu emissário e a envia para comprar um negócio de um bilhão de dólares em seu nome. Portanto, o pobre agora pode comprar um negócio de um bilhão de dólares para o bilionário, mesmo que ele próprio não tenha um centavo; quando alguém recebe uma procuração, ela é juridicamente vinculativa. Assim, as duas almas se conectam porque, quando incumbimos um mensageiro de uma tarefa, ele pode fazer tudo o que podemos.

O mesmo acontece com o Criador. Quando nos tornamos mensageiros do Criador, podemos fazer tudo o que o Criador pode fazer. O Midrash explica que, embora Moisés tenha absorvido a energia do Criador em tudo ao construir o Tabernáculo, ele fez isso com toda a sua essência, sendo que ele não era nada mais que um mensageiro da Luz. Por causa dessa consciência, Moisés mereceu a conexão final com a Luz do Criador e, portanto, foi capaz de fazer tudo o que o Criador poderia fazer.

Pense nisso por um momento – se cada um de nós pudesse chegar ao nível de ser um mensageiro da Luz do Criador, cada um de nós chegaria a um ponto em que poderíamos fazer tudo o que o Criador pode fazer. Nós poderíamos curar pessoas. Poderíamos dar qualquer bênção. E assim, quando entendemos isso, torna-se verdadeiramente uma lição de mudança de vida.

O Zohar, na porção de Behar, diz (e não é com muita frequência que diz isso): "Eu vou revelar um grande segredo". Ele, então, fala sobre um conceito chamado Ol Malchut Shamayim, "aceitar o jugo do céu", como um boi aceita seu jugo para arar um campo. Primeiro, o fazendeiro tem que pegar o jugo e o colocar no boi para que, ao caminhar pelo campo, o boi seja capaz de ará-lo.

No entanto, se você pegar um boi e passear por um campo, o boi não fará nada. Para que o boi are o campo adequadamente, primeiro o jugo deve ser colocado nele para fazer qualquer coisa. Como isso se relaciona conosco: primeiro temos que aceitar o jugo do Criador, aceitar ser um mensageiro completo da Luz do Criador... e, então, podemos fazer tudo.

O Zohar está nos dizendo algo muito claramente: na proporção em que nos vemos apenas como mensageiros da Luz do Criador, é nessa proporção que podemos fazer qualquer coisa. Por outro lado,  à medida que não nos consideramos simplesmente mensageiros da Luz do Criador, nada podemos fazer.

Porém, tenha cuidado, porque quando as pessoas aprendem esse ensinamento, podem pensar que é muito fácil, que tudo o que precisam fazer é conversar com alguém ou tentar ajudar alguém e simplesmente dizer: "Sou um mensageiro da Luz do Criador e, por isso, tenho a capacidade de fazer tudo".  Mas não funciona assim, porque ser um mensageiro do Criador influencia o que fazemos e como pensamos. O Shem MiShmuel diz que a beleza desse nível de consciência é que podemos alcançar o nível espiritual de ser um anjo.

Vayikra, portanto, é um chamado a cada um de nós para se tornar um anjo do Criador. No entanto, como aprendemos anteriormente, enquanto temos nossa raiva, decepção e tristeza pelo que está acontecendo em nossas vidas, não somos mensageiros completos do Criador. Mas quando nos diminuímos completamente e nos vemos apenas como mensageiro total da Luz do Criador, teremos a capacidade e o poder de ser um anjo do Criador, com força para fazer tudo o que o Criador pode fazer – que é um nível, como lemos na porção de Vayikra, que Moisés alcança.

Ao falar sobre Moisés e o Shabat de Vayikra, o Midrash cita o versículo: "Anjos do Criador, que têm grande força". Um dos grandes dons deste Shabat, portanto, é que nos é dada a oportunidade de começar a atingir o nível mais alto de consciência, de nos tornarmos anjos do Criador que têm grande força.

Ter a capacidade de se tornar um mensageiro do Criador é um grande presente do Shabat Vayikra. E tornar-se um anjo do Criador, na verdade, não tem nada a ver com o nosso nível espiritual: diz respeito a quão puros mensageiros nós somos. Quando alcançamos o nível de consciência de diminuir nossas dúvidas, pensamentos negativos e reações como a raiva, podemos trazer tudo para este mundo. Espero que todos possamos realmente entender o que isso significa: podemos nos tornar anjos do Criador com a força de atrair a Luz do Criador e realizar qualquer coisa neste mundo.

 

→ clique aqui para ler outros artigos de Michael Berg

 

Cursos, Seminário e Eventos

Ferramentas Kabalísticas

Astrologia Kabalística

Os conhecimentos adquiridos a partir da leitura de um mapa...

Zohar

O Universo não começou com um átomo ou uma partícula...

72 Nomes

Os 72 Nomes de Deus não são nomes no sentido comum, são 72...

Ana Bekoach

O Ana Bekoach é talvez a oração mais poderosa de todo o...

Meditacão de Proteção

O que há de tão importante em uma simples fita vermelha...