Seguir Em Frente | por Karen Berg

“Devemos estar dispostos a nos livrar da vida que planejamos para termos a vida que está esperando por nós.” ~ Joseph Campbell

Um bebê normal precisa de 1.000 horas de prática antes de poder andar. Alguns aprendem a correr antes. Outros amam engatinhar. Outros gostam de ir direto aos seus primeiros passos. Mas o que é igual para todos é a prática e as muitas,  muitas vezes, cair apenas para se levantar e tentar de novo. Eu menciono isto porque a energia desta semana nos ajuda a sair de nossa zona de conforto e escolher o próximo nível. E toda vez que fazemos isto, estamos sujeitos a enfrentar desafios. Assim como o bebê batalha antes de andar, nós também passamos por testes que nos levam a ser quem devemos ser.

A porção desta semana, Vayetze, quer dizer, “e ele partiu.” Há tanta coisa que se desdobra nesta história que provavelmente daria um script para 2 ou 3 fantásticos longa-metragens. Nós vemos Jacó deixando a casa de seu pai em Beersheba para encontrar uma esposa, o famoso sonho da escada para o céu, o encontro dele com sua alma gêmea Raquel no poço, seu trabalho para Labão, seu(s) casamento(s), o nascimento dos líderes das 12 tribos… E muito mais. Mas o que eu queria dizer aqui é que a coisa toda se inicia com: “E ele partiu.”

Em outras palavras, para tudo ocorrer, para que estes poderosos desdobramentos de energia espiritual aconteçam, teve que existir esta decisão inicial da parte de Jacó em abandonar o que ele conhecia. Tudo começou com ele saindo do conforto da casa de seu pai e com sua certeza e a conexão com Deus como sua salvação, Jacó aventurou-se ao desconhecido.

Para cada um de nós, há muitas bençãos esperando para serem reveladas, mas existe um pré-requisito: que tomemos a decisão de seguir em frente. Isso nem sempre significa um movimento físico, embora possa ser. Mais frequentemente, é a decisão de abandonar comportamentos que não nos servem mais, sistemas de crença que estão nos limitando, ou encontrar uma maneira de descarregar a bagagem que está conosco, às vezes por muitos anos. A porção desta semana nos ajuda a encontrar esse ponto de crescimento dentro de nós, através do qual podemos evoluir para uma nova maneira de ser.

Todos sabem que não é simplesmente “puf” e nos tornamos a pessoa que queremos ser em um segundo! Isto talvez ocorra em desenhos animados, mas a experiência humana revela que as pessoas que realmente entraram dentro de si mesmas e fizeram grandes diferenças para a melhoria de todos, passaram por testes de fogo. Chegar a um lugar onde incorporamos uma nova maneira de ser, não é fácil. Cada um de nós tem a sua própria escada espiritual para subir, que é única para o propósito de nossa alma. Mas, como o bebê, podemos triunfar a partir da disposição de passar pelo processo, sabendo que o alcance de cada próximo degrau nos permite revelar mais de quem somos.

Crianças são incríveis. Tudo as fascina, elas absorvem novas experiências e deliciam-se na alegria de aprender mais e mais. Esta é uma perspectiva que podemos assumir enquanto seguimos em frente. Veja como você pode abraçar o processo de sair de sua zona de conforto. Existem lugares de indecisão e dúvida? Sim. Nenhum de nós é perfeito. Existirão encruzilhadas, desafios e lugares de confusão? Sim. Mas com a Luz do Criador, você é capaz de superar e nesta semana você tem uma injeção de energia para ajudar na sua caminhada.

 

→ clique aqui para ler outros artigos de Karen Berg

 

“Devemos estar dispostos a nos livrar da vida que planejamos para termos a vida que está esperando por nós.” ~ Joseph Campbell

Um bebê normal precisa de 1.000 horas de prática antes de poder andar. Alguns aprendem a correr antes. Outros amam engatinhar. Outros gostam de ir direto aos seus primeiros passos. Mas o que é igual para todos é a prática e as muitas,  muitas vezes, cair apenas para se levantar e tentar de novo. Eu menciono isto porque a energia desta semana nos ajuda a sair de nossa zona de conforto e escolher o próximo nível. E toda vez que fazemos isto, estamos sujeitos a enfrentar desafios. Assim como o bebê batalha antes de andar, nós também passamos por testes que nos levam a ser quem devemos ser.

A porção desta semana, Vayetze, quer dizer, “e ele partiu.” Há tanta coisa que se desdobra nesta história que provavelmente daria um script para 2 ou 3 fantásticos longa-metragens. Nós vemos Jacó deixando a casa de seu pai em Beersheba para encontrar uma esposa, o famoso sonho da escada para o céu, o encontro dele com sua alma gêmea Raquel no poço, seu trabalho para Labão, seu(s) casamento(s), o nascimento dos líderes das 12 tribos… E muito mais. Mas o que eu queria dizer aqui é que a coisa toda se inicia com: “E ele partiu.”

Em outras palavras, para tudo ocorrer, para que estes poderosos desdobramentos de energia espiritual aconteçam, teve que existir esta decisão inicial da parte de Jacó em abandonar o que ele conhecia. Tudo começou com ele saindo do conforto da casa de seu pai e com sua certeza e a conexão com Deus como sua salvação, Jacó aventurou-se ao desconhecido.

Para cada um de nós, há muitas bençãos esperando para serem reveladas, mas existe um pré-requisito: que tomemos a decisão de seguir em frente. Isso nem sempre significa um movimento físico, embora possa ser. Mais frequentemente, é a decisão de abandonar comportamentos que não nos servem mais, sistemas de crença que estão nos limitando, ou encontrar uma maneira de descarregar a bagagem que está conosco, às vezes por muitos anos. A porção desta semana nos ajuda a encontrar esse ponto de crescimento dentro de nós, através do qual podemos evoluir para uma nova maneira de ser.

Todos sabem que não é simplesmente “puf” e nos tornamos a pessoa que queremos ser em um segundo! Isto talvez ocorra em desenhos animados, mas a experiência humana revela que as pessoas que realmente entraram dentro de si mesmas e fizeram grandes diferenças para a melhoria de todos, passaram por testes de fogo. Chegar a um lugar onde incorporamos uma nova maneira de ser, não é fácil. Cada um de nós tem a sua própria escada espiritual para subir, que é única para o propósito de nossa alma. Mas, como o bebê, podemos triunfar a partir da disposição de passar pelo processo, sabendo que o alcance de cada próximo degrau nos permite revelar mais de quem somos.

Crianças são incríveis. Tudo as fascina, elas absorvem novas experiências e deliciam-se na alegria de aprender mais e mais. Esta é uma perspectiva que podemos assumir enquanto seguimos em frente. Veja como você pode abraçar o processo de sair de sua zona de conforto. Existem lugares de indecisão e dúvida? Sim. Nenhum de nós é perfeito. Existirão encruzilhadas, desafios e lugares de confusão? Sim. Mas com a Luz do Criador, você é capaz de superar e nesta semana você tem uma injeção de energia para ajudar na sua caminhada.

 

→ clique aqui para ler outros artigos de Karen Berg