Abrindo espaço para o amor | por Karen Berg

Quando falamos de  amor, a ausência  aumenta a paixão. Quando duas pessoas apaixonadas se separam, elas desejam intensamente estarem juntos. Seu amor cresce e o desejo de estarem mais uma vez juntas agita em suas almas. Quando eu penso em nossa relação com o Criador, eu vejo este mesmo intenso e profundo amor. Nós desejamos estar com o Criador e no entanto diz-se que o Criador quer estar conosco ainda mais. Durante os momentos de dificuldades e adversidades, nós podemos sentir,  muitas vezes, uma grande distância da Luz. São nestes momentos que nós desenvolvemos um enorme desejo de nos unir a Ela. Este desejo de nos reunificar com o Criador é nossa jornada pela vida.  Como duas pessoas apaixonadas que estiveram separadas, cada momento é despendido na tentativa de um reencontro - procurando uma maneira de voltar um para o outro. Nesta semana, nós preparamos as nossas mentes, corpos e espíritos para nos unir completamente com o Criador. Nos preparamos para reingressar no maior amor de todos os tempos - o amor entre as nossas almas e a Força da Luz do Criador.

 

“ NESTA SEMANA, NÓS PREPARAMOS  NOSSAS MENTES, CORPOS E ESPÍRITOS PARA NOS UNIR COMPLETAMENTE COM O CRIADOR E COM A ENERGIA DO AMOR.”

 

A porção desta semana é Terumah. Os Israelitas se encontram em um novo caminho espiritual e passam por um  despertar espiritual durante o processo. Depois de deixarem a escravidão no Egito, eles começam a desenvolver uma relação pessoal com o Criador.  Moisés os prepara para seus próximos passos neste processo. Um quantidade enorme de Luz está prestes a ser revelada para eles, assim o Criador informa a Moisés que o momento chegou para a criação do espaço no qual a Luz que será recebida poderá habitar. Os Israelitas começam a construção da habitação conhecida como Tabernáculo. Ele irá abrigar a informação e energia que os Israelitas receberam desde a saída do Egito. Os Israelitas continuavam a promover esforços e a fazer o que fosse necessário para se unir e se juntar ao Criador. Como um grande amor perdido, ambos o Criador e os israelitas trabalham em direção à reunificação. É por isto que muitas vezes dizem que a porção de Terumah ajuda as pessoas a encontrarem o amor e a trazer o casamento. Se desejarmos isto, nós também podemos estar em um caminho de espiritualidade e união com o Criador. Nesta semana podemos sentir um aumento do desejo de estudar, meditar e de nos conectar mais. Podemos sentir este grande anseio crescendo em nós como o gigantesco sol. Nós sentimos que chegou o momento de preparar e unir uma vez mais.

Os israelitas descobriram que para poder manifestar bênçãos em suas vidas, um recipiente ou uma moradia deve ser criado. Nem um oceano ou um lago podem existir sem que a terra forneça uma abertura para que existam. Se estivermos abertos para chegar mais perto do Criador, para andar no caminho que trará mais bênçãos e boa fortuna para nossas vidas, isto nos ajudará a criar o espaço para a Luz entrar.

Então, talvez agora, estamos nos perguntando: qual é o nosso Tabernáculo? Qual é a nossa moradia? O que nós construímos?

Nosso Tabernáculo é simplesmente o desejo. O desejo de estar com o Criador cria o espaço que precisamos para abrigá-Lo  em nossos corações. O desejo permite que a Luz venha para nossas vidas. Onde os israelitas precisavam construir algo físico, nós, se estivermos abertos a isto, podemos construir uma estrutura imaterial de desejo dentro de nossos corações. Somente o desejo simples de estar com o Criador trará Sua Luz mais rapidamente para nossos corações e mentes.

 

“NÓS PODEMOS COMEÇAR A VER A JORNADA ESPIRITUAL COMO UM RETORNO AO MAIOR RELACIONAMENTO JAMAIS VISTO.”

 

Uma vez, uma estudante perguntou a seu professor onde estava seu caminho espiritual. Ela explicou a seu professor que ela procurava pelo seu próximo passo, mas não conseguia encontrar. O professor disse a ela que só pelo fato dela estar procurando seu caminho significa que ela já estava nele.

Estar em um caminho de reunificação com o Criador é um verdadeiro mérito. Para muitas pessoas, esta jornada não é prioridade em suas vidas. No entanto, muitas vezes nós só apreciamos algo quando ele desaparece. É somente então que nosso amor acorda para isto, e nós começamos a fazer o que for preciso para ter de volta o que uma vez já  tivemos.

Num dado momento, nós fomos um com o Criador. Antes de nossa jornada para este mundo, nós estávamos em completa unificação com a Luz. Agora, nosso caminho neste mundo é restaurar este relacionamento. Desta forma, nós podemos começar a enxergar a jornada espiritual como um retorno ao maior relacionamento jamais visto.

Nesta semana em suas meditações, visualize alguém que você ama. Pode ser uma esposa, ou um progenitor, um amigo, ou um parceiro. Sinta o amor que vocês dois tem. O amor onde ambos querem ajudar um ao outro quando necessário. Um amor de grande carinho e compaixão. Um amor onde não exista qualquer questionamento se vocês se sacrificariam um pelo outro. Agora pegue este amor e amplie ainda mais. Amplie do mesmo tamanho que o céu. Amplie até que você consiga imaginar o amor sísmico que o Criador tem por você. O maior amor de todos está em seu coração. Sinta ele se expandindo em seu peito.  Inspire  profundamente  e depois expire. O Criador quer que você se junte a Ele novamente. Sinta o desejo criando em você a paz, bênçãos, realizações e muito mais o que vem do Criador. Sinta aqui o grande amor.

Nesta semana, nós nos preparamos para o grande amor. À medida que chegamos no último mês do Zodíaco, podemos antever a conclusão desta jornada. Podemos sentir o início do momento onde nós, e todos os habitantes da Terra, finalmente se unem com o Criador, eliminando toda a dor, tristeza e sofrimento. Nós temos sentido essa falta por tempo demais.  Nossos corações se apaixonaram. Estamos prontos para nos unir a este enorme amor de uma vez por todas.

 

Quando falamos de  amor, a ausência  aumenta a paixão. Quando duas pessoas apaixonadas se separam, elas desejam intensamente estarem juntos. Seu amor cresce e o desejo de estarem mais uma vez juntas agita em suas almas. Quando eu penso em nossa relação com o Criador, eu vejo este mesmo intenso e profundo amor. Nós desejamos estar com o Criador e no entanto diz-se que o Criador quer estar conosco ainda mais. Durante os momentos de dificuldades e adversidades, nós podemos sentir,  muitas vezes, uma grande distância da Luz. São nestes momentos que nós desenvolvemos um enorme desejo de nos unir a Ela. Este desejo de nos reunificar com o Criador é nossa jornada pela vida.  Como duas pessoas apaixonadas que estiveram separadas, cada momento é despendido na tentativa de um reencontro - procurando uma maneira de voltar um para o outro. Nesta semana, nós preparamos as nossas mentes, corpos e espíritos para nos unir completamente com o Criador. Nos preparamos para reingressar no maior amor de todos os tempos - o amor entre as nossas almas e a Força da Luz do Criador.

 

“ NESTA SEMANA, NÓS PREPARAMOS  NOSSAS MENTES, CORPOS E ESPÍRITOS PARA NOS UNIR COMPLETAMENTE COM O CRIADOR E COM A ENERGIA DO AMOR.”

 

A porção desta semana é Terumah. Os Israelitas se encontram em um novo caminho espiritual e passam por um  despertar espiritual durante o processo. Depois de deixarem a escravidão no Egito, eles começam a desenvolver uma relação pessoal com o Criador.  Moisés os prepara para seus próximos passos neste processo. Um quantidade enorme de Luz está prestes a ser revelada para eles, assim o Criador informa a Moisés que o momento chegou para a criação do espaço no qual a Luz que será recebida poderá habitar. Os Israelitas começam a construção da habitação conhecida como Tabernáculo. Ele irá abrigar a informação e energia que os Israelitas receberam desde a saída do Egito. Os Israelitas continuavam a promover esforços e a fazer o que fosse necessário para se unir e se juntar ao Criador. Como um grande amor perdido, ambos o Criador e os israelitas trabalham em direção à reunificação. É por isto que muitas vezes dizem que a porção de Terumah ajuda as pessoas a encontrarem o amor e a trazer o casamento. Se desejarmos isto, nós também podemos estar em um caminho de espiritualidade e união com o Criador. Nesta semana podemos sentir um aumento do desejo de estudar, meditar e de nos conectar mais. Podemos sentir este grande anseio crescendo em nós como o gigantesco sol. Nós sentimos que chegou o momento de preparar e unir uma vez mais.

Os israelitas descobriram que para poder manifestar bênçãos em suas vidas, um recipiente ou uma moradia deve ser criado. Nem um oceano ou um lago podem existir sem que a terra forneça uma abertura para que existam. Se estivermos abertos para chegar mais perto do Criador, para andar no caminho que trará mais bênçãos e boa fortuna para nossas vidas, isto nos ajudará a criar o espaço para a Luz entrar.

Então, talvez agora, estamos nos perguntando: qual é o nosso Tabernáculo? Qual é a nossa moradia? O que nós construímos?

Nosso Tabernáculo é simplesmente o desejo. O desejo de estar com o Criador cria o espaço que precisamos para abrigá-Lo  em nossos corações. O desejo permite que a Luz venha para nossas vidas. Onde os israelitas precisavam construir algo físico, nós, se estivermos abertos a isto, podemos construir uma estrutura imaterial de desejo dentro de nossos corações. Somente o desejo simples de estar com o Criador trará Sua Luz mais rapidamente para nossos corações e mentes.

 

“NÓS PODEMOS COMEÇAR A VER A JORNADA ESPIRITUAL COMO UM RETORNO AO MAIOR RELACIONAMENTO JAMAIS VISTO.”

 

Uma vez, uma estudante perguntou a seu professor onde estava seu caminho espiritual. Ela explicou a seu professor que ela procurava pelo seu próximo passo, mas não conseguia encontrar. O professor disse a ela que só pelo fato dela estar procurando seu caminho significa que ela já estava nele.

Estar em um caminho de reunificação com o Criador é um verdadeiro mérito. Para muitas pessoas, esta jornada não é prioridade em suas vidas. No entanto, muitas vezes nós só apreciamos algo quando ele desaparece. É somente então que nosso amor acorda para isto, e nós começamos a fazer o que for preciso para ter de volta o que uma vez já  tivemos.

Num dado momento, nós fomos um com o Criador. Antes de nossa jornada para este mundo, nós estávamos em completa unificação com a Luz. Agora, nosso caminho neste mundo é restaurar este relacionamento. Desta forma, nós podemos começar a enxergar a jornada espiritual como um retorno ao maior relacionamento jamais visto.

Nesta semana em suas meditações, visualize alguém que você ama. Pode ser uma esposa, ou um progenitor, um amigo, ou um parceiro. Sinta o amor que vocês dois tem. O amor onde ambos querem ajudar um ao outro quando necessário. Um amor de grande carinho e compaixão. Um amor onde não exista qualquer questionamento se vocês se sacrificariam um pelo outro. Agora pegue este amor e amplie ainda mais. Amplie do mesmo tamanho que o céu. Amplie até que você consiga imaginar o amor sísmico que o Criador tem por você. O maior amor de todos está em seu coração. Sinta ele se expandindo em seu peito.  Inspire  profundamente  e depois expire. O Criador quer que você se junte a Ele novamente. Sinta o desejo criando em você a paz, bênçãos, realizações e muito mais o que vem do Criador. Sinta aqui o grande amor.

Nesta semana, nós nos preparamos para o grande amor. À medida que chegamos no último mês do Zodíaco, podemos antever a conclusão desta jornada. Podemos sentir o início do momento onde nós, e todos os habitantes da Terra, finalmente se unem com o Criador, eliminando toda a dor, tristeza e sofrimento. Nós temos sentido essa falta por tempo demais.  Nossos corações se apaixonaram. Estamos prontos para nos unir a este enorme amor de uma vez por todas.